Páginas

sábado, maio 12, 2018

Espinho diz adeus ao estádio com um jogo histórico




Blog000-2015-05-17Gazeta de Espinho



Tigres ainda não sabem onde vão jogar na próxima temporada.

O Sporting de Espinho vai despedir-se do Estádio Comendador Manuel de Oliveira Violas no dia 20 de maio com um jogo particular frente ao Vianense. O emblema de Viana do Castelo, que luta neste momento pela subida ao Campeonato de Portugal, foi a equipa que inaugurou o estádio em 1926, numa partida que os tigres venceram por 3-1.
Fica assim confirmado o fim da história do "Campo da Avenida", que foi a casa dos espinhenses durante mais de 90 anos. Fruto do Plano de Insolvência que foi aprovado no ano passado, o clube vai ser obrigado a entregar os terrenos do estádio à sociedade de credores criada para o efeito, a Espinho XXI, estando a direção do emblema alvinegro à procura de uma solução para a próxima época. "Estamos a estudar várias hipóteses e vamos escolher a melhor, mas nada está ainda decidido.", esclareceu o presidente do clube, Bernardo Gomes de Almeida.

O jogo de despedida do "Comendador" acontece um ano após ter sido assinado um acordo entre a Câmara Municipal de Espinho e o Sporting de Espinho para a construção de um Estádio Municipal. Na celebração do protocolo, Pinto Moreira, presidente do Município, comprometeu-se a inscrever a construção de um estádio no Orçamento Municipal de 2018. A promessa foi cumprida, porém, no orçamento ficou apenas definida uma verba de 484 mil euros para a abertura de um concurso público. De acordo com o orçamento municipal do ano passado, o futuro estádio terá um custo avaliado em 2,6 milhões de euros, faseado em três anos, dando a entender que a obra só estará concluída em 2020.

Inaugurado a 15 de Março de 1926, o "Estádio da Avenida" foi o segundo campo da história do Espinho e, de acordo com o livro "100 Anos D´Alma Vareira", teve um custo estimado em 70 mil escudos (cerca de 350 euros). A inauguração do terreno relvado aconteceu em 1983, quando o Espinho já jogava na I Liga, e, só seis anos depois, é que o estádio se passou a chamar "Comendador Manuel de Oliveira Violas".

Sem comentários: